Substâncias Elementares, Compostas e Misturas de Substâncias




Substância elementares:

Classificamos uma substância como elementar quando existe um único elemento químico na sua constituição. Ex. néon, hélio, argônio, oxigênio, fósforo, etc.

Todas as substâncias cujos corpúsculos são átomos do mesmo elemento químico são substâncias elementares.

Nos metais, como por exemplo: zinco, alumínio, estanho, prata, ouro, platina, etc..., as unidades estruturais são átomos iguais agrupados em estruturas gigantes, classificadas como substância elementares. O ferro é um meta utilizado na construção civil e em peças decorativas. Os átomos de ferro encontram-se bem ordenados na estrutura metálica.

Existem outros tipos de substâncias cujas unidades estruturais são as moléculas.
Se as moléculas forem constituídas por átomos do mesmo elemento químico são substâncias elementares.

Substâncias compostas:

As substâncias formadas por moléculas nas quais existem átomos de dois ou mais elementos químicos diferentes designam-se por substâncias compostas.

Ex. Cada molécula da água é constituída por um átomo do elemento químico oxigênio e dois átomos do elemento químico hidrogênio quimicamente ligados entre si.

Cada molécula de peróxido de hidrogênio (água oxigenada) é constituída por dois átomos do elemento químico hidrogênio e dois átomos do elemento químico oxigênio, quimicamente ligados entre si.

Mistura de Substâncias:

Nas misturas de substâncias as unidades estruturais que se repetem são diferentes. Existem tantos tipos de unidades estruturais quantas as substâncias que constituem a mistura.

Resumindo e Concluindo:

As substâncias elementares são formadas por átomos do mesmo elemento químico.
As unidades estruturais das substâncias elementares podem ser os átomos ou as moléculas.
As substâncias compostas são formadas por átomos de diferentes elementos químicos.
Em uma substância, as unidades estruturais são todas iguais, enquanto numa mistura de substâncias existem diferentes unidades estruturais.