Ossos da Cabeça, da Face Humana e do Ouvido Interno


O crânio humano é composto por 28 ossos. Para facilitar o estudo desses 28 ossos, vamos separá-los em três conjuntos, os Ossos da Cabeça ou Neurocrânio, os Ossos da Face ou Viscerocrânio e Ossos do Ouvido Interno.

Ossos da Cabeça/ Neurocrânio (n=8)
  • Frontal 
  • Parietal (x2) 
  • Etmoidal 
  • Temporal (x2) 
  • Occipital 
  • Esfenoidal 
Ossos da Face/ Viscerocrânio (n=14)
  • Ossos Nasais (x2) 
  • Ossos Lacrimais (x2) 
  • Ossos Zigomáticos (x2) 
  • Osso Vomer 
  • Conchas Nasais Inferirores (x2) 
  • Ossos Maxilas (x2) 
  • Ossos Palatinos (x2) 
  • Osso da Mandíbula 
Ossos do ouvido Interno (n=6)
  • Martelo (x2) 
  • Bigorna (x2) 
  • Estribo (x2)

Postura Anatómica Humana e Planos Anatómicos

Postura Anatómica Humana  


Em Medicina, a postura anatómica adotada como referência universal é a Postura Ortostática. Nesta posição,  a pessoa encontra-se com os pés assentes no chão e as palmas da mão encontram-se em posição supina.


Os Planos Anatómicos 




Existem 3 planos anatómicos, Sagital, Axial (Horizontal ou TransversAL) e Coronal/Frontal.


  • No Plano Sagital temos: Planos Medial e Plano Lateral
  • No Plano Axial temos: Plano Superior e Plano Inferior
  • No Plano Coronal temos: Plano Anterior e Plano Posterior 




Passive Voice

Em inglês, existem diferentes verbos que podem ser usados para construir a voz passiva, como por exemplo o verbo to be, have e get. O verbo to be é usado como padrão. Para construir a voz passiva é preciso alterar a posição do objeto na frase dada, usar o verbo to be no tempo verbal correto seguido pelo particípio passado do verbo principal. O objetivo da construção da voz passiva é destacar o que acontece ao objeto da ação, ao contrário do que acontece na voz ativa em que destacamos o sujeito da ação. Para compreender melhor, veja o exemplo abaixo. Note que o objeto na frase ativa, torna-se o assunto principal na frase quando está na passiva.

Na construção da voz passiva o by + the agent (a pessoa que realizou a ação) só é mencionado apenas quando necessário, quando não o for, não deverá ser citado. 

Obs: O uso da voz passiva é comum em relatos e descrições concretas.

Construção da passiva com verbos modais:

Para fazer a passiva com verbos modais usamos be + past participle depois do verbo modal como will, can, must, should, may, might, ought to, could, have to, etc.



Observe abaixo o quadro síntese das transformações verbais da ativa para a passiva.

Lembre-se: O objeto na frase ativa torna-se o assunto principal na frase quando está na passiva. Quando a frase ativa tem dois objetos (diretos e indiretos), é o objeto indireto que se torna o sujeito da frase passiva.